(62) 3089-0978
uc.ortopedia@gmail.com
Rua S-6, 146 , 1°andar, Setor Bela Vista, Goiânia

Artroplastia

Artroplastia do joelho em Goiânia: o que é? para quem é indicada?

Artroplastia é uma técnica cirúrgica realizada rotineiramente por ortopedistas especialistas em Joelho. O método consiste em substituir a articulação do joelho por uma prótese – essa substituição pode ser total ou parcial. A artroplastia frequentemente é utilizada para tratar casos avançados de artrose; doença degenerativa e crônica responsável por desestabilizar o joelho, causando dor, dificuldade de locomoção e perda de qualidade de vida; e ainda, doenças reumáticas.

O “novo joelho” será formado por algumas partes metálicas e outras plásticas feitas de polietileno. Após se recuperar da cirurgia, o paciente poderá voltar a fazer atividades corriqueiras como caminhar, sentar, subir e descer escadas e terá melhora da dor. O número de artroplastia realizadas anualmente vem crescendo em virtude do aumento da expectativa de vida e por causa do maior número de pessoas praticando exercícios físicos – exemplo que ocorre em Goiânia, onde é possível vermos pessoas correndo e fazendo caminhada no final da tarde nos parques.

O paciente somente será submetido à artroplastia em casos severos, quando a dor no joelho estiver limitando a mobilidade e o paciente estiver com dificuldade para realizar as atividades do dia a dia.

Em suma, a indicação da artroplastia é feita quando tratamentos conservadores como fisioterapia e medicamentos não são mais eficazes.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Precisa de um especialista em Joelho?

Agende uma consulta agora

Blog

Especialidades

Dores crônicas ou aguda nos ossos, articulações, ligamentos, tendões, bursas e músculos, por exemplo, podem ser sinais de doenças musculoesqueléticas. Nesse texto, você conhecerá as principais doenças musculoesqueléticas que afetam os joelhos.
A Osteoartrite é caracterizada pelo desgaste ou degeneração da cartilagem do joelho e possui uma série de causas, como envelhecimento; sedentarismo; sobrepeso; doenças metabólicas; sobrecarga nos joelhos devido a esforço físico de atividades diárias ou esportes; fatores hereditários; gênero, as mulheres são as mais afetadas; alterações nos ossos, como joelhos valgo (voltados para dentro) ou varo (voltados para fora); etc.
Lesão após uma queda, movimentos repetitivos e esforço exagerado são alguns fatores que podem provocar instabilidade articular. Os sintomas desse problema incluem dor, irritação, inchaço (edema), dificuldade para estender totalmente o joelho e desconforto. Se não for diagnosticada precocemente, a instabilidade no joelho pode provocar o desgaste da cartilagem e evoluir para artrose.
Considerada uma das lesões mais graves, decorrente de trauma direto ou indireto, a luxação do joelho acontece quando existe desencaixe dos ossos da articulação e a ruptura de pelo menos 2 dos quatro principais ligamentos do Joelho – Ligamento Cruzado Anterior (LCA), Ligamento Colateral Medial (LCM), Ligamento Cruzado Posterior (LCP) e Ligamento Colateral Lateral (LCL). Os ligamentos, faixas fortes de tecido, são responsáveis por dar estabilidade ao joelho.

Venha até nós

Precisa de atendimento?

Fale Conosco

Dr. Ulbiramar Correia – 2020

Todos os direitos reservados