(62) 3089-0978
uc.ortopedia@gmail.com
Rua S-6, 146 , 1°andar, Setor Bela Vista, Goiânia

Lesão do LCA

Lesão do LCA afeta estabilidade do joelho e atinge principalmente atletas

 

O Ligamento Cruzado Anterior (LCA), um dos quatro principais ligamentos do joelho, é composto por um resistente “cordão” de tecido fibroso em formato de “x” que conecta o fêmur (osso da coxa) à tíbia (osso da perna). A principal função do LCA é dar estabilidade ao joelho no sentido de rotação, preservando, desse modo, estruturas internas como meniscos e cartilagens. O LCA é essencial para que as pessoas consigam realizar tarefas diárias como sair do carro, ocasião em que após colocar o pé no chão o indivíduo gira o corpo sobre o joelho.

Lesões do LCA são frequentes em atletas profissionais ou amadores que praticam esportes que tenham movimentos de rotação ou deslocamentos laterais, como futebol, vôlei, basquete, artes marciais, etc. Na maioria das vezes, a lesão do LCA acontece em virtude de uma torção do joelho ou em alguns casos devido a hiperextensão dessa articulação. Para além dos esportes, este problema pode decorrer de entorses do joelho em ambiente doméstico ou profissional e, ainda, como consequência de acidentes de trânsito.

 

Sintomas e tratamento para lesão do LCA

Quando ocorre lesão no LCA, normalmente dá para ouvir um estalo, depois vem a dor, inchaço e derrame articular – aumento do volume de líquido no joelho. Em alguns casos esses sintomas agudos desaparecem em poucos dias, em outros, persistem por mais tempo e surgem sinais crônicos como a instabilidade do joelho (sensação de falseio).

O tratamento para lesão no LCA pode ser cirúrgico ou conservador (sem cirurgia). A decisão sobre o melhor recurso terapêutico dependerá de vários fatores, como instabilidade do joelho, atividade esportiva ou profissional exercida pelo paciente, etc.

 

Graus das lesões do LCA

 

Grau 1: lesão leve e causa rupturas microscópicas. No grau 1, a capacidade global da articulação do joelho não é afetada. Desse modo, o indivíduo continua suportando o peso do próprio corpo.

 

Grau 2: lesão moderada onde há a ruptura parcial do ligamento. O joelho apresenta-se instável e pode falsear quando o indivíduo caminha.

 

Grau 3: a lesão é grave e existe a ruptura total do ligamento, deixando o joelho totalmente instável.

 

Dados sobre lesão do LCA

Surgem anualmente no Brasil mais de 150 mil novos casos de lesão do LCA, essa é uma das lesões mais comum em atletas que praticam esportes de contato. Embora a maior parte esteja relacionada às atividades esportivas, aproximadamente 75% das lesões ocorrem sem qualquer contado direto com o oponente. Mulheres que praticam os mesmos esportes de contato que os homens sofrem sete vezes mais com esse tipo lesão.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Precisa de um especialista em Joelho?

Agende uma consulta agora

Blog

Especialidades

Dores crônicas ou aguda nos ossos, articulações, ligamentos, tendões, bursas e músculos, por exemplo, podem ser sinais de doenças musculoesqueléticas. Nesse texto, você conhecerá as principais doenças musculoesqueléticas que afetam os joelhos.
A Osteoartrite é caracterizada pelo desgaste ou degeneração da cartilagem do joelho e possui uma série de causas, como envelhecimento; sedentarismo; sobrepeso; doenças metabólicas; sobrecarga nos joelhos devido a esforço físico de atividades diárias ou esportes; fatores hereditários; gênero, as mulheres são as mais afetadas; alterações nos ossos, como joelhos valgo (voltados para dentro) ou varo (voltados para fora); etc.
Lesão após uma queda, movimentos repetitivos e esforço exagerado são alguns fatores que podem provocar instabilidade articular. Os sintomas desse problema incluem dor, irritação, inchaço (edema), dificuldade para estender totalmente o joelho e desconforto. Se não for diagnosticada precocemente, a instabilidade no joelho pode provocar o desgaste da cartilagem e evoluir para artrose.
Considerada uma das lesões mais graves, decorrente de trauma direto ou indireto, a luxação do joelho acontece quando existe desencaixe dos ossos da articulação e a ruptura de pelo menos 2 dos quatro principais ligamentos do Joelho – Ligamento Cruzado Anterior (LCA), Ligamento Colateral Medial (LCM), Ligamento Cruzado Posterior (LCP) e Ligamento Colateral Lateral (LCL). Os ligamentos, faixas fortes de tecido, são responsáveis por dar estabilidade ao joelho.

Venha até nós

Precisa de atendimento?

Fale Conosco

Dr. Ulbiramar Correia – 2020

Todos os direitos reservados