Medicina Esportiva: grande aliada dos atletas

Medicina Esportiva ou Medicina do Esporte é uma especialidade médica que tem como objetivo propiciar a atletas, sejam profissionais ou amadores, melhoria no desempenho esportivo. Em Goiânia, por exemplo, os jogadores do futebol goiano são alguns dos grandes beneficiados desse campo da ortopedia.

Reconhecida como especialidade médica desde 1962, a Medicina do Esporte vem ganhando destaque desde 2005, ano em que foi criada a residência médica específica para a área. Por realizar uma análise minuciosa do quadro do paciente e fornecer orientações sobre como a prática de exercício físico pode ajudar a prevenir e até mesmo tratar doenças, a Medicina Esportiva conta com médicos de várias especialidades, como ortopedistas, endocrinologistas, cardiologistas, pneumologistas, reumatologistas, dentre outros.

Quais são os benefícios da Medicina Esportiva?

Por meio da Medicina Esportiva é possível prevenir e tratar lesões, otimizar o rendimento e desempenho, reabilitar e, ainda, maximizar o rendimento do atleta, independentemente do nível de treinamento. Ortopedistas do esporte também empregam técnicas avançadas para ajudar na cicatrização, facilitando a recuperação e diminuindo o tempo de retorno à prática esportiva.

Se um jogador de futebol sofre lesão no Ligamento Cruzado Anterior (LCA), por exemplo, é com o especialista em Medicina do Esporte que ele pode contar para retornar precocemente aos gramados e em grande performance, pois a Medicina Esportiva possui um programa de tratamento específico e individual para cada esportista.

É importante ressaltar que o médico não trabalha sozinho. Para dar o suporte necessário ao atleta, ele geralmente conta com uma equipe multidisciplinar formada por fisioterapeuta esportivo, preparador físico, nutricionista esportivo, dentre outros.

Medicina Esportiva beneficia somente atletas?

Não são somente os atletas que se beneficiam da Medicina Esportiva. Pessoas de qualquer faixa etária, inclusive idosos, podem ter orientações antes do início da atividade, avaliação física completa e o tipo ideal de exercício físico de acordo com seu biótipo, isso porque a Medicina do Esporte cuida do indivíduo como um todo para dar mais qualidade de vida.

Então, se você é sedentário, possui doença crônica ou tem alguma condição especial, se deseja iniciar uma rotina de exercícios, busque por orientações de um médico especialista em Medicina Esportiva. Assim, a mudança de hábito ocorrerá de forma segura e você colherá somente os benefícios, reduzindo as chances de sofrer algum tipo de lesão, por exemplo.

Para quem deseja iniciar uma rotina de exercícios físicos, uma maneira de começar com o pé direito é procurando um médico especialista em Medicina Esportiva.

Medicina Esportiva: como o ortopedista faz a consulta?

Praticantes de qualquer modalidade devem procurar um ortopedista especialista em Medicina Esportiva para uma análise periódica para prevenir lesões e, ainda, obter melhores resultados na prática esportiva.

Durante a Consulta, o médico especialista em Medicina do Esporte avalia minuciosamente o estado de saúde do paciente, bem como seu histórico individual e familiar de doenças. Além disso, questões relacionadas à alimentação, sono, alergias, uso de suplementos, tipo, intensidade e frequência do treino, etc, também fazem parte da anamnese. O especialista em Medicina Esportiva também pode solicitar exames de imagem e laboratoriais.

Avatar photo
Dr. Ulbiramar Correia

Ortopedista especialista em joelho [CRM/GO: 11552 | SBOT: 12166 | RQE: 7240]. Membro titular da SBCJ (sociedade brasileira de cirurgia do joelho), SBRATE (sociedade brasileira de artroscopia e trauma esportivo) e da SBOT(sociedade brasileira de ortopedia e traumatologia).